You are currently viewing Por que devemos cuidar do nosso Mat?

Por que devemos cuidar do nosso Mat?

Confira a seguir por que devemos cuidar do nosso Mat:

A princípio quando praticamos frequentemente transpiramos muito em nosso tapetinho e uma vez usado, é bem provável que ele acumule muito pó e sujeira que vem no ar mesmo no vento que seja etc.….

Nesse meio tempo isso pode trazer alguns prejuízos… tanto para o material do seu Mat quanto até mesmo para a sua saúde, portanto sempre recomendamos que ele seja limpo com frequência. =)

Um outro ponto extremamente positivo, é que ao ter cuidados especiais com o seu tapetinho, você estará aumentando gradativamente a vida útil dele. E isso é muito bom pois hoje em dia a sustentabilidade é muito boa e faz parte do nosso dia a dia, portanto devemos sempre ter em mente o objetivo do uso consciente dos objetos, e sempre cuidar para que os nossos objetos seja qual for durem o máximo que puder.

Essa prática é uma excelente forma de cuidar do meio ambiente!

Primeira prática no seu Mat

Por outro lado praticar em um novo Mat pela primeira vez é o início de uma linda jornada de adaptação, principalmente se for um novo material desconhecido para você! Por exemplo, se ele for aveludado você irá perceber que ele é extremamente aderente e super confortável.

Clique aqui e saiba mais sobre os nossos Mats Aveludados.

Existem muitas formas de cuidar do seu tapetinho, umas mais óbvias que as outras, e quanto mais você colocá-las em prática melhor será para a vida útil do seu tapetinho.

Veja abaixo 7 dicas que ajudam aumentar a vida útil do seu Mat:

1. Sempre lave os pés e as mãos antes da sua prática

As extremidades do nosso corpo normalmente carregam muita sujeira ao longo do dia, e uma das formas mais simples de manter seu Mat limpinho é sempre higienizar essas áreas antes mesmo de começar a sua prática diária!

2. Higienize o seu Mat após a prática

Em um borrifador misture 1 copo de água morna e 2 colheres de sopa de vinagre branco, se possível de maça e orgânico, e borrife em seu Mat. Espalhe suavemente com um pano macio e deixe secar antes mesmo de enrolá-lo para guardar.

3. Consulte o fabricante ou vendedor do tapete

Hoje em dia temos diversos tipos de Mats, por exemplo temos EVA, PVC, TPE, Aveludado e até mesmo de PU.

É extremamente recomendável que você consulte o fabricante ou o vendedor para que ele possa te dar uma breve instrução de como deve ser feita a limpeza do material específico do seu tapetinho.

4. Após a prática deixe seu tapete secar por completo após a limpeza e guarde-o enrolado

Nunca, nunca mesmo guarde o seu Mat se ele estiver úmido, principalmente se foi uma prática mais intensa e você tenha transpirado muito.

Deixe-o por um tempo ao ar livre e quando já estiver seco enrole-o! Ah! E nunca esqueça sempre o enrole com o lado da estampa para fora.

5. Mantenha o seu Mat sempre protegido quando não estiver praticando

Para evitar que seu mat acumule muito pó e sujeira, o recomendado é ter uma bolsa para guardá-lo ou até mesmo a caixinha que ele veio. Há vários modelos de bolsas no mercado que além de protegerem o seu tapetinho ainda facilitam o seu transporte, mas não excluindo as alças práticas que também são bastante úteis.

6. A cada 15 dias lave o seu tapetinho com água e sabão neutro

Molhe todo o seu Mat e use uma esponja macia para limpá-lo com o sabão neutro, não esqueça lave-o suavemente como se fosse a sua própria pele, pois o seu Mat faz parte de você agora.

Enxague e remova todo o excesso de água com um rodo suavemente e em seguida deixe-o secar por gotejamento na sombra.

7. Nunca deixe seu Mat exposto ao sol por muito tempo

A exposição por muito tempo ao sol pode deformar o seu tapetinho, por isso é melhor evitar.

Os nossos tapetinhos aveludados quando expostos ao sol por muito tempo podem acabar desgastando as fibras e assim o Mat pode começar a desbotar a estampa.

Mat Aveludado Hand

Atenção
Em todos os casos, trabalhe sempre dentro dos seus limites e de suas habilidades físicas.
Se você tiver algum tipo de problema específico sempre consulte o seu médico e seu professor de yoga antes desta ou de até mesmo outras posições.
Dependendo da sua condição física, algumas posturas do yoga devem ser adaptadas ou até excluídas do programa.

Porque yoga é um ato de amor a si próprio (a)

Quanto mais você sabe, menos há o que temer.

Ao ler sobre yoga, você deu o primeiro passo. Contudo o próximo passo deve ser experimentado em seu corpo, porque é aí que reside o poder da yoga.

Portanto esperamos que agora você esteja um pouco mais adiantado no caminho para subir no seu tapetinho por exemplo, para que possa começar a descobrir por si mesmo todas as maneiras como a yoga melhora sua vida.

Você também pode gostar de ler: Cãibras nos pés durante a prática de yoga?

Namastê!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.